Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março, 2019

O outro lado

Pensando em como a sociedade têm evoluído ou não acerca de alguns temas, me pego refletindo sobre minhas posições quando do lado de cá e quando do lado de lá, quando a primeira vez que me vi como negro ou a primeira vez que me autodeclarei bissexual. Não dá para ignorar as posições sobre temáticas tão conflitantes e debatidas no cenário atual, hoje apenas reconheço que é necessário ser voz de positividade no meio do caos.
Não se pode normalizar o preconceito, muito menos tolerar discursos que apoiam atos asquerosos sobre assuntos críticos e sensíveis, não me sinto como vítima, mas não saio da mira de uma, não me lamento, mas não quer dizer que não seja necessário, às vezes a melhor forma de expressar é através do silêncio. Do lado de cá eu consigo vê que existem muitos corações que trocam com a falta de amor, que amam a si e ao outro desejam a morte, que dizem que na casa do outro tudo bem, mas que na minha não haja algo assim.

Do lado de lá eu me peguei diversas vezes pensando na dor d…

Os caminhos

Desde que nascemos carregamos uma certa tendência de caminho, vamos crescendo e nos moldando, escolhendo cada pedra e cada esquina, decidindo que lado será o melhor, quais as experiências que queremos viver, tudo isso lhe dando com as inconstâncias, com as mudanças de tempo, com a brevidade e bravura das situações.
Eu sempre gostei de desbravar caminhos, de conhecer novos lugares, novas pessoas, respirar ares diferentes, o caminho no meu caso não foi uma escolha, foi uma abertura, apenas me permiti e prossegui, deixei que o tempo se encarregasse de onde seria minha próxima parada, sobre qual seria meu próximo refrão, como as raízes que saem da terra e se conectam até a última folha - assim sou eu caminhando pela vida.

Fui conectando e me conectando a cada estrada, um novo caminho é uma rotina que me acompanha dia após dia, desde a mente até o coração, meus pés se vão a cada firmamento, cada anoitecer posso reconhecer que o dia foi mais do que esperei, poeticamente ou não, falando ou ape…

Meu refúgio

Viajar sempre foi meu refúgio particular, desde a primeira vez, respirar o novo é a melhor maneira de sentir-se novo, satisfeito e completo. Nesses últimos anos consegui maturidade, responsabilidade e amor em demasia por pessoas e lugares que inevitavelmente me acometeram de forma positiva. Pude compartilhar e receber as mais diversas energias, o mais caloroso aconchego e a sensação mais gostosa do mundo: liberdade. ☺️
Fui me distanciando cada vez mais de quem eu era, da infância, da adolescência, da escola, da igreja, não porque fossem ruins, mas porque o meu eu necessitava de uma nova visão, um novo motivo pra viver, uma necessidade quase que incontrolável de mergulhar nas possibilidades que o mundo oferece, nos ensinamentos que somente a prática permite, aprofundar nas matérias que não existem em nenhuma universidade do mundo, a de ser quem quiser em qualquer lugar que for.

O que me deixa mais feliz de uma viagem são os encontros, os controladores de energia se encarregam de trazer p…

Mais um dia meu

E o dia do meu nascimento chegou, o dia em que reflito sobre tudo o que sou e em como o tempo se faz soberano sobre tudo o que há, guardo para mim, as angústias e anseios, coloco nas mãos do grande universo o destino incerto e o agradecimento contínuo e sincero, pela linda paisagem que meus olhos veem, com pássaros e flores coloridas em uma primavera fria de algum lugar da Europa.
De tanto que poderia dizer, apenas digo que hoje sou mais velho que ontem, carrego o término e ao mesmo tempo o início de um ciclo, o que me levará aonde jamais pude imaginar, o caminho fica cada vez mais fácil quando somos capazes de visualizá-lo, nem sempre é necessário vê-lo por inteiro, mas o início é primordial, a medida que vamos nos distanciando, vamos vendo cada vez mais perto e mais perto, dos nossos sonhos aos nossos pesadelos, tudo fica mais nítido.

Me recordo de apenas uma vez, ter comemorado essa data como algumas pessoas, em que foi muito especial, devido minhas circunstâncias naquele momento, ho…

Primeira vez fora do Brasil (Europa)

2019 chegou com grandes emoções, há quase 6 anos fiz minha primeira viagem sozinho, depois de ter conhecido uma boa parte do Brasil, fui me preparando psicologicamente para uma oportunidade de conhecer o exterior, as condições financeiras nem sempre são favoráveis, mas calhou de agora em Março eu realizar esse sonho de mochileiro, que desvenda fronteiras e põe em desafio o conhecimento e a experiência.
Peguei um voo ✈️ de São Paulo para Londres e depois para Madri, foram 12 horas de um voo noturno, mais 6 horas de espera no aeroporto de London City e mais 2 horas aproximadamente até o aeroporto de Bajaras em Madrid. Depois dessa cansativa viagem, mas empolgante, fui submetido a imigração espanhola, que mesmo tendo todas as perguntas respondidas e subsidiadas de documentos, me fez esperar alguns minutos em uma sala aberta, depois uma inspeção de segunda linha foi realizada, até que decidiram autorizar minha entrada.
Cheguei ao Hostel que iria me hospedar e apenas tomei um bom banho e dor…

O caos

Tem sido como antes Uma loucura total O castelo caído de dantes É fora do normal
As armas que matam amor Os colapsos que rompem  Um tudo que causa dor E nada pode ser com ontem
Depois do oceano que seja Longe do calor continental Ainda há a tristeza Ainda que sejam temporal