Primeira vez fora do Brasil (Europa)

2019 chegou com grandes emoções, há quase 6 anos fiz minha primeira viagem sozinho, depois de ter conhecido uma boa parte do Brasil, fui me preparando psicologicamente para uma oportunidade de conhecer o exterior, as condições financeiras nem sempre são favoráveis, mas calhou de agora em Março eu realizar esse sonho de mochileiro, que desvenda fronteiras e põe em desafio o conhecimento e a experiência.

Peguei um voo ✈️ de São Paulo para Londres e depois para Madri, foram 12 horas de um voo noturno, mais 6 horas de espera no aeroporto de London City e mais 2 horas aproximadamente até o aeroporto de Bajaras em Madrid. Depois dessa cansativa viagem, mas empolgante, fui submetido a imigração espanhola, que mesmo tendo todas as perguntas respondidas e subsidiadas de documentos, me fez esperar alguns minutos em uma sala aberta, depois uma inspeção de segunda linha foi realizada, até que decidiram autorizar minha entrada.

Cheguei ao Hostel que iria me hospedar e apenas tomei um bom banho e dormi, naquele dia não havia espaço para pensar e tão pouco raciocinar, apenas descansar. Ufa! Ali dava início às minhas impressões a Espanha e seu povo, que ainda que não fossem declaradamente mal educados e desrespeitosos, eram frios e calados. Talvez uma questão racial tenha me colocado nessa posição, no entanto, pouco foi meu contato com os natos daquele país, na minha estadia em Madrid, na maioria do tempo me comunicava mais com pessoas de outros muitos países.


No dia seguinte, em uma quarta-feira pesquisei os principais pontos turísticos perto de onde eu estava hospedado e fui de um a um, a pé - usando rotas do mapa do meu celular, fiz isso também no dia seguinte e foi o bastante para ter uma visão mais ampla da capital espanhola. Em meu último dia de 3, na parte da noite, fui em um encontro com alguns usuários de uma plataforma de acomodação grátis, onde pude trocar experiências, exercitar idiomas, descobrir casos e histórias que se incorporaram em quem eu sou.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Antes que eu vá...

Achados da alma

E essas voltas que o mundo dá?