Sobre o contemplar

Quando a capacidade de contemplar se esvair, então é a hora de morrer, uma morte capaz de trazer renovação e brilho nos olhos outra vez, de a beleza ser tocante e difusora de felicidade em quem consegue vê-la. É preciso fechar os olhos, deixar que toda ansiedade se vá, junto com a tristeza a baixa autoestima e o aperto no coração.

Apenas contemplar. É esse o conselho que vale 1.000.000.000 de libras, sua vida apenas fará sentido quando descobrires que o que tens não é pagável, os olhos e a capacidade eloquente de apreciar tudo o que existe de bom no universo é uma dádiva que jamais podemos desperdiçar. Somente contemplando fazemos jus de tudo que nos é dado diariamente, cada encontro, cada despedida e cada oportunidade de acordar outra vez e fazer tudo de novo.


Que o sol não seja visto como algo que queima, que a lua não venha como frio na barriga, que as colinas não sejam altas demais para um pássaro pousar, que todos os galhos da árvore mais seca do jardim sejam tão lindos quanto á flor que acaba de nascer. A sua visão nunca mais será a mesma depois que o foco for a contemplação, isso tem a ver com o que há dentro de você e com o que você almeja alcançar. Seja a contemplação!

                                  Netherlands, 2019.

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Antes que eu vá...

Achados da alma

E essas voltas que o mundo dá?