Achados da alma



É tão lindo quando nosso ser se encontra em outro ser, quando a alma reconhece atributos tão similares aos seus e provoca uma sensação de felicidade e pertencimento ao outro, seja na amizade, no relacionamento amoroso ou no familiar, o encontro de almas é um mistério que não se pode compreender tão fácil a partir desse plano.

É apenas o sentimento que funciona como aferidor, a sensação é única e com um gostinho de nostalgia, como se estivesse revivendo outro momento, outra felicidade, em outro espaço de algum lugar do grande universo. É perceptível e visível para qualquer um, o quanto somos agraciados quando esses encontros acontecem, o quanto somos energizados e amados. A verdadeira manifestação de quem somos acontece quando encontramos os iguais.

As almas dos iguais são diferentes em apenas uma coisa: o corpo que habitam. No mais, é um composto de luz universal, pureza celestial e amor advindo da grande fonte, não esqueçam que desde lá somos puros e perfeitos. Dentro dessa nossa capa mórbida e triste existe um manancial de beleza e esplendor. Cada vez que encontrar-se com seu elo almário, não esqueça de reviver a pura verdade do seu ser.

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Antes que eu vá...

E essas voltas que o mundo dá?