Trem

Vejo a cidade da janela
Passa rápido, depressa
Sinto que é bagatela
Ficar vidrado nessa

A paisagem que linda é 
Me traz uma sensação 
De choro e dor no pé
Que ultrapassa o coração

Se descer terás que ver
Prefiro por aqui ficar
Toda a gente a perecer
Sem um reino para reinar 

Da janela me sinto só
Mas também seguro
Não é problema, sei de có
Jamais atravessei o muro 

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Antes que eu vá...

Achados da alma

E essas voltas que o mundo dá?